O que são as Altcoins?

Fique por dentro e investa nelas em 2023

Altcoins
As altcoins são moedas digitais alternativas ao Bitcoin, a primeira e mais famosa criptomoeda do mundo. Elas usam diferentes mecanismos de consenso para produzir blocos ou validar transações, se diferenciando com contratos inteligentes ou taxas de transação mais baixas. Algumas das altcoins mais populares incluem Ethereum, XRP e BNB.

Neste artigo, vamos explicar o que são, como são criadas, quais são as vantagens e riscos de investir nelas e como comprá-las e vendê-las de forma segura e prática. Acompanhe!

O que são altcoins?

O termo altcoin vem da junção das palavras em inglês alternative (alternativa) e coin (moeda). Ele é usado para identificar qualquer criptomoeda diferente do Bitcoin. São desenvolvidas para solucionar problemas de outras redes, como lentidão ou altas taxas; surgem como resultado de forks (termo usado para identificar bifurcações ou atualizações de uma blockchain); ou simplesmente nascem como brincadeiras – a famosa meme coin Dogecoin (DOGE) é um exemplo.

Podem ter diferentes funcionalidades e características, dependendo do seu objetivo e design. Algumas das principais categorias de altcoins são:

  • Mining-based Altcoin: são criptomoedas que utilizam um processo de mineração para validar e adicionar transações às suas respectivas blockchains. A mineração pode ser feita usando diferentes mecanismos de consenso, como Proof-of-Work (PoW) ou Proof-of-Stake (PoS), dependendo da altcoin específica. Exemplos populares de mining-based altcoins são Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Monero.
  • Stablecoin: são moedas digitais que têm seu valor atrelado a um ativo estável, como uma moeda fiduciária ou uma commodity. Elas oferecem um meio confiável de transferência de valor, mantendo a estabilidade de preço. Exemplos populares de stablecoins são USDT, USDC e TUSD.
  • Meme Coin: são criptomoedas que ganham popularidade principalmente por meio de memes virais na internet e nas redes sociais, muitas vezes sem ter uma utilidade ou valor subjacente além do hype gerado pela comunidade. Exemplos populares de meme coins são DOGE, SHIB, PEPE, WSM e outros.

> Como Ganhar Dinheiro com Criptomoedas

Como as altcoins são criadas?

Existem três principais maneiras de criá-las:

  • Blockchain própria: uma das formas é criar uma blockchain própria com uma criptomoeda nativa. Altcoins como Ethereum, Cardano e Solana “ganharam vida” dessa forma. Como o processo envolve o desenvolvimento de uma rede descentralizada do zero, esse modo é mais complexo, demorado e custoso.
  • Fork: se alguma divergência surge em um projeto cripto, a rede pode ser dividida. Durante o processo de bifurcação, chamado de fork, altcoins são criadas a partir dos códigos das moedas originais. O software do Bitcoin, por exemplo, foi a base para o surgimento de Bitcoin Cash, Bitcoin Gold e Bitcoin SV. Já o Ethereum Classic foi fruto de uma divisão do Ethereum.
  • Blockchain terceira: a terceira forma de criar altcoins é por meio de blockchains prontas. Na prática, uma cripto usa a estrutura de uma rede antiga para se lançar no mercado. O Ethereum é uma das plataformas que oferecem essa possibilidade, e os tokens baseados no projeto recebem o nome de ERC-20. Alguns exemplos são Shiba Inu, Chainlink e Uniswap, todos classificados também como altcoins.

> 5 Passos para Ficar Livre das Dívidas

Quais são as vantagens e riscos de investir nelas?

Entre as principais vantagens estão:
  • Preço: há altcoins no mercado que podem ser adquiridas por centavos.
  • Potencial: há altcoins que oferecem soluções inovadoras e disruptivas para diversos setores da economia e da sociedade, podendo se valorizar muito no futuro.
  • Diversificação: há altcoins que têm baixa correlação com o Bitcoin e outras criptomoedas, podendo oferecer uma maior diversificação para o portfólio de investimentos.
Entre os principais riscos estão:
  • Volatilidade: os preços das altcoins podem variar muito em curtos períodos de tempo, dependendo da oferta e da demanda do mercado, da confiança dos investidores, de eventos políticos e econômicos, entre outros fatores.
  • Regulação: as altcoins ainda não têm uma legislação específica em muitos países, o que pode gerar incertezas jurídicas e fiscais para os investidores. Além disso, alguns governos podem proibir ou restringir o uso das altcoins em seus territórios.
  • Segurança: as altcoins dependem da proteção das carteiras digitais, que são aplicativos ou dispositivos que armazenam as chaves privadas que permitem o acesso aos fundos. Se essas carteiras forem perdidas, roubadas ou invadidas por hackers, os investidores podem perder todo o seu dinheiro.
  • Educação: as altcoins exigem um conhecimento técnico e financeiro para serem utilizadas adequadamente. Os investidores devem estar atentos às fontes confiáveis de informação e às boas práticas de segurança.

Como comprar e vender altcoins de forma segura e prática?

Para comprá-las e vendê-las de forma segura e prática, é preciso seguir alguns passos básicos, como:

  • Escolher uma corretora de confiança, que ofereça segurança, liquidez e variedade de altcoins.
  • Criar uma conta na corretora, fornecendo seus dados pessoais e verificando sua identidade.
  • Depositar dinheiro na corretora, usando um método de pagamento aceito pela plataforma, como transferência bancária, cartão de crédito ou boleto.
  • Comprar as altcoins desejadas, usando o dinheiro depositado ou trocando por outras criptomoedas disponíveis na corretora.
  • Armazenar as altcoins em uma carteira digital, que pode ser online ou offline, dependendo do nível de segurança e praticidade que se busca.
  • Acompanhar o mercado e as tendências, usando ferramentas de análise e informação, como gráficos, indicadores, notícias e redes sociais.
  • Vender as altcoins quando quiser, convertendo-as em dinheiro ou em outras criptomoedas na corretora.

Conclusão

As altcoins são moedas digitais alternativas ao Bitcoin, que oferecem diferentes funcionalidades e características para os investidores. Elas podem ser criadas por meio de blockchains próprias, forks ou blockchains terceiras. Elas podem ter vantagens como preço baixo, potencial alto e diversificação. Mas também podem ter riscos como volatilidade, regulação, segurança e educação. Para comprar e vender altcoins de forma segura e prática, é preciso escolher uma corretora de confiança, criar uma conta, depositar dinheiro, comprar as altcoins desejadas, armazená-las em uma carteira digital e acompanhar o mercado.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

1 × three =

Scroll to Top